segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Entrevista

A ENTREVISTA (2)



[entrevista.jpg]






A Entrevista











A ENTREVISTA é um texto muito utilizado na Comunicação social que serve para a transcrição do diálogo entre um entrevistador e um entrevistado.



Antes de iniciar qualquer entrevista, é necessário seleccionar :



- O TEMA

- Os objectivos da entrevista

- A pessoa a entrevistar

Para facilitar a condução da entrevista, deve construir-se um guião que respeite alguns procedimentos:



- Elaborar perguntas de acordo com o tema, os objectivos da entrevista, as expectativas do entrevistador e de possíveis leitores, ouvintes ou espectadores.



- Construir perguntas variadas (mais abertas - O que pensa de...? - ou mais fechadas - Gosta de...?, evitando influenciar respostas e procurando alternativas para eventuais fugas ao tema.



- Adequar as perguntas ao entrevistado ( personalidade, nível etário, nível socio-cultural...) e à situação ( momento lugar ).



- Seleccionar um vocabulário claro, acessível e rigoroso.



- Estabelecer o número de perguntas e proceder à sua ordenação.



Ao passar o texto a limpo, é importante ter em conta :



- A pontuação.



- A ortografia.

-A apresentação gráfica.



Uma entrevista histórica.

A SIC entrevistou José Saramago no dia do anúncio da atribuição do Prémio Nobel, 08 de Outubro de 1998.





PROPOSTA DE TRABALHO : Entrevista um professor,colega, amigo, familiar ou outra pessoa que consideres importante conhecermos. Passa o texto a limpo tendo em conta as recomendações do guião e publica-o.

Publicada por Luís Sérgio em 09:48

Etiquetas: a entrevista
 

 
PROPOSTA DE TRABALHO : Entrevista um professor,colega, amigo, familiar ou outra pessoa que consideres importante conhecermos. Passa o texto a limpo tendo em conta as recomendações do guião e publica-o.

domingo, 7 de novembro de 2010

Literatura oral e tradicional


Literatura Oral e Tradicional -blog7-10-11 -

Notícia

[notícia.JPG]
Notas:


Em termos genéricos, podemos definir noticia como sendo uma narrativa curta, de um acontecimento actual com interesse geral.




Narrativa curta - dizer apenas o essencial para captar a atenção do leitor

Acontecimento actual - o que acontece ou aconteceu é conhecido no espaço de 24 horas.

Interesse geral - que desperta a curiosidade e atenção do público a que se destina.





ESTRUTURA DA NOTÍCIA

A notícia deverá ser escrita de forma a possibilitar uma leitura rápida. Consideremos como notícia tipo a que apresenta a seguinte estrutura:



Título - (pode, eventualmente, ter também antetítulo e / ou subtítulo)





Lead – corresponde ao primeiro parágrafo do texto, que pode ou não ser destacado graficamente e que deverá conter as informações essenciais, respondendo sempre que possível às perguntas:

- Quem ? (quem participa na notícia)

- O quê? (o que aconteceu, acontece ou vai acontecer)

- Onde? (local onde aconteceu)

- Quando? (dia, hora,)

Corpo da noticia – corresponde aos restantes parágrafos do texto. É o desenvolvimento da notícia, no qual deverão estar as respostas às questões:

- Como? (contar como aconteceu a notícia)

- Porquê? (porque aconteceu a notícia)


_ As frases devem ser curtas com uma estrutura básica de sujeito - predicado -complemento, ou seja, deve seguir o princípio "uma frase -uma ideia".

_ O jornalista deve evitar os adjectivos, utilizando sobretudo os substantivos e os verbos.

_ O jornalista não deve dar a sua opinião sobre o que conta; deve limitar-se a contar o que aconteceu.

_ Quando a notícia é sobre uma disputa entre pessoas ou instituições, o jornalista deve mostrar a opinião dos dois, para deixar que o leitor decida sobre quem tem razão.

Para veres em PDF clica aqui: http://www.box.net/shared/1aal2mula3
Para veres um powerpoint clica aqui:https://docs.google.com/present/view?id=ddr26kmq_1741drmhtncf;

O Cavaleiro da Dinamarca : vídeo com resumo da obra e vídeo sobre simbologias

Recentemente, no Youtube, descobri dois vídeos sobre O Cavaleiro da Dinamarca, de Sophia de Mello Breyner. O primeiro faz um resumo da obra e o segundo trata das simbologias presentes nesta obra-prima da nossa literatura. Ora toma atenção:






terça-feira, 15 de junho de 2010

Lendas de Portugal

História da Carochinha

Motivação para o estudo d' Os Lusíadas

Nova história da Cinderela



Uma nova versão do conto de fadas, já lida na sala de aula, na unidade da literatura de tradição
oral. Para recordar! E inspirar!!! Desafio-te a recontar a história do Capuchinho Vermelho ou a dos Os Três Porquinhos, numa versão moderna.



quarta-feira, 9 de junho de 2010

quarta-feira, 2 de junho de 2010

segunda-feira, 31 de maio de 2010

Eco-código da nossa escola

Eco-código elaborado por alunos e professores da escola, nas aulas de Oficina da Língua e Escrita, Língua Portuguesa, Francês e Inglês no âmbito do Projecto Eco-escolas.
EcoCodigo VM 2010 Ing e Franc

A nossa escritora

Textos realizados pela Cátia no seu dia a dia...






 

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Imagens para reflectir.....

Imagens

Dia Mundial da Poesia - Língua Portuguesa/Biblioteca Escolar/Formação Cívica/Oficina de Leitura e Escrita

No âmbito da Semana da Poesia, a biblioteca escolar vai aliar-se ao MUNDIAL e, através da POESIA, torcer por Portugal. A fim de promover a articulação entre as diferentes áreas curriculares.Segue em anexo uma proposta de trabalho.

Área curricular Proposta de trabalho
Formação Cívica Abordar a questão do apartheid, a luta de Nelson Mandela pelos ideais de liberdade, igualdade e fraternidade, o respeito pelo ser humano, independentemente da cor, pois como raça temos a HUMANA!

Educação Física Fazer referência à questão do fair play no desporto, reforçar as regras num jogo de futebol, a alimentação…

OLE/Lingua Portuguesa Criar textos diversos subordinados a estes temas.

terça-feira, 25 de maio de 2010

Poesia visual

Coração partido
ImageChef Word Mosaic - ImageChef.com
Amor
ImageChef.com
Mar-onda
Onda o mar
ImageChef.com - Custom comment codes for MySpace, Hi5, Friendster and more

segunda-feira, 24 de maio de 2010

Publicidade comercial / Institucional

Elaborado por mim numa acção de formação


Perdidamente- Florbela Espanca





Ser poeta é ser mais alto,é ser maior


do que os homens, morder como quem beija

É ser mendigo e dar como quem seja

É ser rei do reino de aquém e de além dor



É ter de mil desejos o explendor

E não saber sequer que se deseja

É ter ca dentro um astro que flameja

É ter garras e asas de condor...



É ter fome, é ter sede de infinito

Por essas manhãs d'ouro e de cetim

É condensar o mundo num só grito...



E é amar-te assim, perdidamente

É seres alma e sangue e vida em mim

E dizê-lo cantando, a toda a gente...

Poemas musicados

Motivar os alunos para a poesia
Visita este site
Visita este site2  http://www.youtube-video-codes.com/

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Carta à antiga

Carta;tipos de carta e sua estrutura

As virtudes do Calameo na Banda Desenhada

 O livro da Banda Desenhada



Publicidade ...


Publicidade...Debate

A palavra publicidade

Os primeiros passos no vídeo

- Vídeo museu

Museu de Língua Portuguesa

O espetáculo teatral "A forma das coisas", do consagrado dramaturgo e roteirista de cinema Neil Labute, ficará em cartaz no Espaço Parlapatões (Praça Roosevelt, 158 - Centro - São Paulo) até o dia 22 de maio, sempre às quintas (21h) e às sextas-feiras (21h30).



Os atores André Cursino, Carol Portes, Karla Dalvi e Pedro Osório, sob a direção de Guilherme Leme, dão vida aos personagens deste texto em que nada é o que parece e tudo parece ser o que não é, numa trama muito atual que leva o espectador a uma profunda reflexão sobre as relações pessoais, profissionais, enfim, sobre a forma das coisas que nos rodeiam.



Vale conferir o resultado desta montagem que cumpriu uma exitosa temporada de sucesso no Rio de Janeiro e obteve a indicação de vários prêmios de teatro.



Mais informações poderão ser obtidas diretamente no Espaço Parlapatões, através do tel.: (11) 3258-4449.

Texto retirado [daqui]

segunda-feira, 3 de maio de 2010

Formação - Ler e escrever na era 2.0

Esta é a terceira sessão da formação. Até hoje conheci imensas "palavras" que desconhecia. Estou aqui para aprender apesar de por vezes me sentir perdida.